Sem título #1 - Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Sem título #1

Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Gravura

Frotagens de pegadas encontradas no chão de rua
Grafite s/ algodão cru

53 x 77 cm

Untitle#1

The times we didn’t go to the Moon Series , 2017-2020
Frottage of footprints found on the street pavement
Graphite and cotton
53 x 77 cm

Sem título #3 - Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Sem título #3

Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Gravura

Frotagens de pegadas encontradas no chão de rua
Grafite s/ algodão cru

82 x 56 cm

Untitle#3

The times we didn’t go to the Moon Series , 2017-2020
Frottage of footprints found on the street pavement
Graphite and cotton
82 x 56 cm

Sem título #2 - Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Sem título #2

Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Gravura

Frotagens de pegadas encontradas no chão de rua
Grafite s/ algodão cru

90 x 45 cm

Untitle#2

The times we didn’t go to the Moon Series , 2017-2020
Frottage of footprints found on the street pavement
Graphite and cotton
90 x 45 cm

Sem título #4 - Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Sem título #4

Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Gravura

Frotagens de pegadas encontradas no chão de rua
Grafite s/ algodão cru

68 x 53 cm

Untitle#4

The times we didn’t go to the Moon Series , 2017-2020
Frottage of footprints found on the street pavement
Graphite and cotton
68 x 53 cm

Sem título #5  Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Processo de Impressão

Série Das vezes que não foi à Lua, 2017-2020

Gravuras
Frotagens de pegadas encontradas no chão de rua.
Grafite s/ algodão cru

Printing Process

The times we didn’t go to the Moon Series , 2017 2020

Frottage of footprints found on street pavement
Graphite and cotton

Arquivo de marcas anônimas, cotidianas, ordinárias. 

 

“Este é um pequeno passo para o homem...” (Neil Armstrong)


Investigo existências que não são mencionadas pela História e seus registros oficiais ou pela grande mídia, pessoas talvez consideradas não memoráveis; aquelas que se juntam nessa massa de gente nas ruas da cidade, que movimentam a vida diária e real. Diante das imagens célebres das pegadas de Neil Armstrong no terreno lunar, estas seriam apenas os pequenos passos de homens e mulheres comuns.


Enquanto reúno esses vestígios, reflito sobre a própria forma como um arquivo é elaborado. Que interesses balizam o que deve integrar, ou não, o arquivo? Quem deve ser lembrado? Quem será apagado/esquecido? Quem tem direito à memória? Ou ainda, quem tem direito sobre ela?

“One small step for man…” (Neil Armstrong)


Archive of ordinary, anonymous and daily marks. Footprints made by people who walk down the street in the urban center. Few steps of
common women and men whose existence have no place in the oficials archives and History.
This series celebrates erased existences. It also points out the question: who must be remembered? Who will be forgotten? What group controls the right to memory? What group has been erased from History.